Agenda

Fiéis Defuntos

Descrição:

No próximo dia 2 de novembro, sábado, dia dos Fiéis Defuntos, o Bispo de Coimbra D. Virgílio Antunes preside, pela primeira vez, no Cemitério da Conchada, à Missa de Fiéis Defuntos, às 11h da manhã.

Depois de ter cantado a glória e a felicidade de Todos os Santos que «gozam em Deus a serenidade da vida imortal», no primeiro dia de novembro, a Igreja, desde o início do século XI, consagra este dia à memória dos fiéis defuntos. Assim, o Dia de Fiéis Defuntos não é dia de luto e tristeza. É, antes, um dia de mais íntima comunhão com aqueles que «não perdemos, porque simplesmente os mandámos à frente» (S. Cipriano). É dia de esperança, porque sabemos que os nossos irmãos que partiram ressurgirão em Cristo para uma vida nova.

Como é tradicional entre nós, neste dia as famílias reunem-se na visita ao cemitério para orar e recordar os seus entes queridos, junto das suas sepulturas, que são adornadas por velas, sinal da fé em Jesus Cristo, Luz do mundo; e pelas flores, sinal da vida nova que esperamos.

Como recordou o Papa Francisco (que desde 2016 tem vindo a celebrar o dia de finados num cemitério romano), este dia “é importante para recordar e fazer memória. Isso nos deixa mais fortes, como pessoas e como povo. Sentimo-nos enraizados; faz-nos entender quem somos e que não estamos sozinhos: um povo que tem uma história, tem um passado, tem uma vida”. Desta forma, sugere Francisco, “a comemoração do dia de finados tem um duplo sentido. Um sentido de tristeza, porque o cemitério é triste e nos faz lembrar das pessoas queridas que já foram embora, mas nós levamos flores como um sinal de esperança”.

A Câmara Municipal de Coimbra prontificou-se a apoiar as condições logísticas para a realização desta tão significativa celebração.

Data: 2 de Novembro de 2019, 11:00 a 2 de Novembro de 2019, 12:00