Igreja apresenta mensagem do Papa a jornalistas

O Secretariado Nacional das Comunicações Sociais da Igreja vai promover um encontro com jornalistas para apresentação da mensagem do Papa para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2015.
A iniciativa vai contar com a presença do presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais, D. Pio Alves, e o jornalista Paulo Nogueira, partindo do tema escolhido por Francisco, ‘Comunicar a família: ambiente privilegiado do encontro na gratuidade do amor’.
A apresentação vai decorrer às 16 horas, na livraria Paulinas Multimédia, Prior Velho (Rua Francisco Salgado Zenha, 11).
“Espero que este encontro seja também uma oportunidade de diálogo e confraternização”, refere o cónego João Aguiar Campos, diretor do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, no convite para o evento.
O Papa defende na sua mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais (DMCS) 2015 uma educação para o pluralismo, no interior de cada família
“Uma criança que aprende, em família, a ouvir os outros, a falar de modo respeitoso, expressando o seu ponto de vista sem negar o dos outros, será um construtor de diálogo e reconciliação na sociedade”, escreve Francisco.
Nesse sentido, explica que narrar significa compreender que todas as vidas "estão entrelaçadas numa trama unitária, que as vozes são múltiplas e cada uma é insubstituível".
“Não existe a família perfeita, mas não é preciso ter medo da imperfeição, da fragilidade, nem mesmo dos conflitos; o que é preciso é aprender a enfrentá-los de forma construtiva”, sustenta o Papa.
O Dia Mundial das Comunicações Sociais, única celebração do género estabelecida pelo Concílio Vaticano II (decreto ‘Inter Mirifica’, 1963), é celebrado no domingo que antecede o Pentecostes (17 de maio, em 2015).