SEMANA DAS VOCAÇÕES 2012

1. AS VOCAÇÕES, DOM PARA A IGREJA

A Igreja volta a ter a possibilidade de reconhecer as vocações com que Deus a enriquece e a agradecê-las de todo o coração. Olha, de modo particular, nesta semana, para as vocações de consagração, tanto no sacerdócio, como na vida religiosa ou nos institutos seculares. Trata-se de uma multidão de homens e mulheres dedicados à missão da Igreja na totalidade do seu tempo, das suas capacidades e das suas pessoas.

A comunidade cristã recebe cada dia o sinal do seu testemunho, que a leva desapegar-se das prisões da terra e a levantar os olhos para Deus, donde lhe vem a salvação. No anúncio da Boa Nova, nas ações catequéticas, na celebração da liturgia e nos sacramentos, na prática da caridade, as vocações de consagração constituem um grande dom para Igreja, e uma força de colaboração humana com a ação do Espírito Santo.

Na Semana das Vocações, a Igreja toda e em todos os seus membros, deve elevar ao Senhor uma grande oração de louvor e ação de graças por todos estes seus servidores.

 

2. VOCAÇÕES, DOM DO AMOR DE DEUS

O papa Bento XVI enviou-nos uma Mensagem subordinada ao tema: As vocações, dom do amor de Deus. Descobrimos, de novo, que os caminhos para a descoberta vocacional passam sempre pelo encontro com o Deus-Amor, que Jesus nos revelou.

Quando nos deixamos entrar livremente nessa intimidade da relação pessoal à qual a voz de Deus nos chama, sentimos interpelações inevitáveis que não nos deixam ficar tranquilos enquanto não dermos uma resposta. Uma vez atingidos pelo amor de Deus, que se manifesta das mais variadas formas, não podemos mais afastar-nos dele e ganhamos a força para dar os passos do seguimento e da vocação.

A Semana das Vocações, como a pastoral das vocações que a Igreja desenvolve em todas as suas ações, desafia-nos à criação das condições necessárias para os cristãos, sobretudo as crianças e os jovens, experimentem a alegria do encontro com o amor de Deus. Os meios são variados nas suas formas, mas incluem sempre a leitura da vida à luz da fé, a entrada em profundidade na oração e na escuta da Palavra de Deus, a inserção na vida da comunidade cristã, que celebra, evangeliza e pratica a caridade fraterna.

 

3. VOCAÇÃO SACERDOTAL, MISTÉRIO DE AMOR

Entre as vocações de consagração, emerge o sacerdócio, que configura de um modo especial o homem com a pessoa de Jesus Cristo. No sacerdócio refulge particularmente o rosto de Cristo, que ama o seu povo, a ponto de se oferecer por ele na cruz.

A Semana das Vocações deve levar as comunidades locais, dioceses e paróquias, a reconhecer no padre, homem frágil como todos os outros, mas chamado e escolhido por Deus para receber a unção do Espírito e se tornar servo da Igreja.

Se a partir da humanidade não é possível entender o mistério do padre, voltemo-nos para Jesus Cristo, Filho de Deus e, na sua pessoa, na sua vida e no seu amor se tornará mais claro.

Aos jovens cristãos deixamos uma palavra de gratidão por tantos bons testemunhos que nos têm dado na descoberta da fé e na abertura ao amor de Deus. Incentivamo-los a não desistir, porque esse é o caminho do compromisso eclesial e pode ser o caminho da descoberta da vocação sacerdotal.

Virgílio do Nascimento Antunes

Presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios

Plano Pastoral


Bispo Diocesano


Vaticano