1779-1822 - D. Francisco de Lemos de Faria Pereira Coutinho

O presente apontamento sobre os Bispos da Diocese de Coimbra segue, no geral, o estudo efectuado, e publicado em 1985, pelo cónego Dr. António Brito Cardoso, estudioso e dedicado arquivista e historiador da Diocese e do Seminário de Coimbra. Enumerando cronologicamente os prelados de Coimbra, pelo estudo dos Catálogos de Pius Bonifácius Gams,

D. Francisco de Lemos de Faria Pereira Coutinho (1779.09.12-1822.04.16) - Era natural do Brasil e ordenou-se de Presbítero em Coimbra em 13 de Junho de 1760. Quando D. Miguel da Anunciação foi preso, D. Francisco de Lemos foi nomeado Vigário Capitular. Foi apresentado Bispo Coadjutor de Coimbra por Carta Régia de 28 de Setembro de 1773 e confirmada pelo Papa Clemente XIV em 13 de Abril de 1774. Depois da libertação de D. Miguel e até ? morte deste, D. Francisco de Lemos esteve em Lisboa tratando dos assuntos da Universidade de que era Reitor Reformador. A 12 de Setembro de 1779, depois da morte de D. Miguel da Anunciação, tomou posse da Diocese de Coimbra. Em 1808 fez parte da deputação que foi a Bordéus cumprimentar o Imperador Napoleão. Em 1821 foi eleito deputado ? s Constituintes pela província do Rio de Janeiro. Por Provisão de 14 de Outubro de 1772, o Marquês de Pombal cedeu a igreja dos Jesuítas para Catedral. D. Francisco de Lemos faleceu em Coimbra em 16 de Abril de 1822.

Plano Pastoral


Bispo Diocesano


Vaticano