1824-1851 - D. Frei Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré

O presente apontamento sobre os Bispos da Diocese de Coimbra segue, no geral, o estudo efectuado, e publicado em 1985, pelo cónego Dr. António Brito Cardoso, estudioso e dedicado arquivista e historiador da Diocese e do Seminário de Coimbra. Enumerando cronologicamente os prelados de Coimbra, pelo estudo dos Catálogos de Pius Bonifácius Gams.

D. Frei Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré (1824.05.03-1851.08.31) - Nasceu em 12 de Maio de 1770 na vila da Nazaré e professou no convento franciscano da Arrábida. Foi Prelado de Moçambique em 17 de Dezembro de 1811 e confirmado Bispo do Maranhão (Brasil) em 23 de Agosto de 1819. Transferido para Coimbra, foi confirmado Bispo desta Diocese, em 3 de Maio de 1824 pelo Papa Leão XII. Retirou-se de Coimbra em 7 de Maio de 1834, deixando a governar a Diocese o Vigário Geral, Cónego Miguel Ribeiro de Vasconcelos. Depois da derrota do Príncipe D. Miguel e da assinatura da convenção de ??vora Monte, o Bispo de Coimbra esteve em Lisboa preso e escondido e finalmente pôde escapar para o Brasil. O Governo não reconheceu a autoridade do Vigário Geral e fez nomear Vigários Capitulares para o Bispado. Começou então o cisma na Diocese que foi até 1842, em que a Santa Sé nomeou, directamente, um Vigário Geral para a Diocese, que a governou em nome do Bispo ausente até 1851, ano em que faleceu D. Frei Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré.