CONSELHO PRESBITERAL

Presbitério de Coimbra em reflexão para uma renovação pastoral

Presidido pelo Bispo de Coimbra, D. Albino Mamede Cleto, reuniu nos dias 18 e 19 de Novembro, o Conselho de Presbíteros da diocese de Coimbra.

 

Os trabalhos iniciaram-se com o debate e aprovação da forma de elaborar a resposta do Presbitério ao Documento da Conferência Episcopal (CEP) “Repensar Juntos a Pastoral da Igreja em Portugal”.Em Janeiro próximo, os Presbíteros irão reunir-se, por Regiões Pastorais, e elaborar a sua resposta ao documento.

 

Em análise esteve “o desafio da CEP em “repensar-se” a Igreja em Portugal no intuito de se delinear, no discernimento do Espírito, uma pastoral adequada aos novos tempos”, afirmou o Pe. Idalino Simões, secretário do Conselho Presbiteral.

E explicou: “não se pretende encontrar alternativas pastorais que visem apenas substituir ou passar a novos modelos”, porque, frisou, “num mundo em constante transformação não bastam meras adaptações”. “A Igreja procura alternativas de aproximação às diferentes comunidades cristãs para anunciar a Boa-Nova de Cristo em todo o tempo e lugar, testemunhando, deste modo, a beleza da presença de Deus no meio do seu Povo”, afirmou.

 

Para alcançar este objectivo “igualmente se propôs que em cada Arciprestado se dinamize junto dos grupos e comunidades a resposta a esta proposta para, nos finais de Março, se enviar o contributo da diocese para este movimento Igreja em Portugal”, disse o secretário do Conselho de Presbíteros.

 

Um segundo tema que mereceu a atenção do Conselho foi o retomar da reflexão sobre as unidades pastorais na Diocese. Para isso, salienta, “uma comissão nomeada pelo Conselho apresentou o texto que irá servir de base a uma reflexão próxima da Igreja diocesana; trata-se de procurar adequar as estruturas organizativas da diocese às mudanças sociológicas que entretanto se foram dando”.

Após uma leitura do texto e de algumas observações, foi entregue à Comissão Permanente do Conselho para estruturar a consulta e a reflexão sobre esta temática.

 

Na parte final deste encontro, o Bispo da diocese fez diferentes consultas aos elementos do Conselho Presbiteral, nomeadamente sobre o destino a dar, nesta situação de crise, à Renúncia Quaresmal e sobre o aumento da retribuição dos padres.

Sobre o aumento da retribuição dos padres, avançou o Pe. Idalino Simões, “o conselho foi unânime em sugerir que não houvesse qualquer aumento pelas dificuldades que são previsíveis para muitos dos paroquianos”.

 

O conselho terminou com o Ecónomo da Diocese, Pe. Manuel António Ferrão, a dar conhecimento da situação económica da diocese e de alguns sectores da vida da Igreja Diocesana.

Plano Pastoral


Bispo Diocesano


Vaticano