Dia Mundial dos Pobres 2018

Em Mensagem datada de 13 de junho de 2018, memória litúrgica de Santo António de Lisboa, e intitulada “Este pobre clama e o Senhor o escuta” (Sl 34, 7), o Papa Francisco propôs a toda Igreja a celebração do II Dia Mundial dos Pobres, no domingo 18 de novembro de 2018, e a nossa Diocese de Coimbra sente-se feliz por acolher esse convite.

Sabemos como os pobres têm um lugar no coração de Deus, pois o Antigo Testamento refere-os inúmeras vezes e manifesta que são acolhidos por Deus e devem ser acolhidos e amados pelo Seu Povo. No Novo Testamento, as palavras e as atitudes de Jesus falam de forma eloquente do Seu encontro com eles e daquilo que faz para os consolar e libertar dessa sua condição.
Ao longo dos séculos, a Igreja desenvolveu muitas formas de dar continuidade à missão de acolher, acompanhar e ajudar a libertar os pobres das suas dificuldades, sofrimentos e carências de meios para uma vida digna e feliz.
Instituições como as Santas Casas da Misericórdia, Centros Sociais Paroquiais e outras Fundações Canónicas, Conferências de S. Vicente de Paulo, Grupos Sócio-Caritativos, Caritas Diocesana e Paroquial, continuam a assumir essa missão no nosso tempo, com muita fé em Deus e muito amor ao próximo.
Do mesmo modo, inúmeros cristãos têm a causa dos pobres, dos marginalizados e excluídos da sociedade bem presente na sua ação e oferecem muito do seu tempo, dos seus bens e do seu carinho para lhes manifestar a sua presença e solicitude.

Correspondendo ao pedido do Santo Padre, a Diocese de Coimbra celebra o II Dia Mundial dos Pobres, a 18 de novembro, no Convento de Santa Clara a Nova, em Coimbra.
O local escolhido pretende trazer para a atualidade o testemunho da Rainha Santa Isabel, ícone do amor aos pobres na cidade de Coimbra e em Portugal.
Esta celebração destina-se aos dirigentes, associados e colaboradores das instituições católicas de ação sócio-caritativa, irmandades das Misericórdias, grupos de ação social e agentes da pastoral da caridade em geral.

O programa preparado é o seguinte:

15:00 - Conferência – “Este pobre clama e o Senhor o escuta” (Sl 34, 7) – por Pedro Vaz Patto, Presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz

16:30 – Celebração da Eucaristia, presidida pelo bispo de Coimbra

(Antes do programa aberto a todos O Sr. Bispo de Coimbra participará num “almoço solidário com carenciados” organizado pela paróquia de Santa Clara).

O Bispo de Coimbra sugere que ao longo da semana de 11 a 17 de novembro, as paróquias e instituições referidas retomem a Mensagem do Papa Francisco para este dia e organizem um programa local, que constitua um forte encontro com os diversos tipos de pobres e lhes manifeste o lugar que têm no coração de Deus e da sua Igreja: uma celebração, uma oração, uma refeição, uma festa...